Já imaginou ganhar dinheiro com organização? Descubra como

ANÚNCIO

Podemos dizer que organização é um dom? Bom, se é ou não, ainda não temos como ter certeza. Mas, sem sombra de dúvidas, este é um mercado em expansão. Não é atoa que as mulheres estão ganhando cada vez mais espaço no meio profissional.

No momento, elas estão desvendando mistérios que antes eram tratados como obrigações domésticas e transformando em um mercado lucrativo e profissional. Estamos falando da profissão de Personal Organizer ou, em português, Organizadora Profissional. 

ANÚNCIO
organização
Foto: (reprodução/internet)

Antes, era comum que essa atividade fosse exercida somente em casa e pelas mulheres. Atualmente, a organização residencial abriu um leque de possibilidades e um alívio para muitos trabalhadores que não tem tanto tempo para cuidar da organização de sua casa ou de seus escritórios

Este mercado vem movimentando cerca de R$ 10 bilhões por ano no Brasil, segundo José Luiz Cunha, organizador do evento Personal Organizer Brasil (POB). Sim, a organização de residência e escritórios se tornou lucrativa e movimenta desde produtos de casa e decorações, até serviços como cursos e consultorias de organizadoras profissionais. 

Organização é uma das chaves para o sucesso

Alguns levantamentos do setor de organização estimaram que em 2018 foram arrecadados cerca de US$ 40 bilhões anualmente. Pode até parecer icônico, mas o mercado tem crescido até quatro vezes mais do que o esperado. O evento POB que iniciou com 350 pessoas em 2014, hoje já conta com 1.300 participantes de todo o país. 

ANÚNCIO

Há relatos de profissionais que já conquistam o dobro do valor que faturava no antigo emprego de carteira assinada. Segundo Úrsula Freire que já está há nove meses nessa área, ela passou um ano dedicada à casa e à filha.

A opção em fazer o curso de personal se deu pois queria uma experiência diferenciada e que lhe desse uma renda parecida ou igual a do emprego anterior. Fora isso, um dos requisitos era poder fazer tudo o que gostasse no tempo dela. 

Após a conclusão do curso, a profissional acumulou em valores o dobro do que já tinha. Atualmente, ela vive somente com os valores que recebe de cada lugar em que atua como organizadora. 

Como surgiu a profissão?

Na década de 80, nos Estados Unidos, surgiu uma Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade – NAPO. Porém, aqui no Brasil, o serviço chegou somente em 2004 e até hoje muitos ainda não reconhecem a profissão.

A grande questão é que a modalidade não é regulamentada sob as leis trabalhistas. Mas, em 2014, foi instaurada a ANPOP – Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade

Como se tornar um Personal Organizer?

Se você é uma pessoa organizada e que ama manter as coisas no lugar, talvez essa seja uma ótima alternativa. Já pensou? Sair dos empregos comuns e tornar algo que você está acostumada a fazer na sua própria casa em uma profissão remunerada

Geralmente, os profissionais dessa área são bem analistas e adequam a rotina, lugar e o bem estar das pessoas a organização, tempo e espaço. A desorganização, pode causar um tumulto na vida e no profissional de muitas pessoas.

E talvez, pagar uma pessoa para deixar tudo mais prático e acessível sem esquecer da organização pode facilitar para o dia a dia. Este é o caso, principalmente, de quem tem a vida muito corrida.

Áreas que o Personal pode atuar

O organizador tem a flexibilidade de escolher o ambiente e o que deseja organizar. Podem ser documentos, recibos, roupas, casa ou até mesmo aquela garagem que já está há meses em uma zona sem fim. Independente do lugar, o profissional pode arrumar tudo aquilo que você levaria horas, dias e até semanas para conseguir colocar no lugar. 

Agora que você já conheceu um pouco sobre essa área, já imaginou contratar um personal que auxilie na organização do seu quarto, seu escritório ou documentos? O ramo, além de ganhar bastante relevância, tem sido bastante procurado.

ANÚNCIO