Odeio o meu chefe – descubra como lidar com este desafio

ANÚNCIO

Estar em um ambiente de trabalho onde há qualidade de vida, respeito e bom convívio, é fundamental para o indivíduo. Afinal, é lá onde passamos boa parte do nosso dia. Porém, em alguns momentos, podem ocorrer transtornos ou conflitos que acabam dificultando o convívio. Esta situação tende a piorar ainda mais quando esses problemas ocorrem com o seu superior.

Odeio o meu chefe, e agora? Preparamos este artigo no intuito de que você tenha soluções fáceis e simples para resolver esses dilemas. Acredite, é possível manter um ambiente confortável e agradável mesmo não tendo afinidade com o seu superior e nós lhe mostraremos como!

ANÚNCIO
chefe
Foto: (reprodução/internet)

Logo quando situações desconfortáveis acontecem, as pessoas já pensam em procurar outro emprego, mudar de sala ─ quando há possibilidades ─ fazer reclamações no RH, entre outras opções.

Mas, nem sempre, esse é o ideal. Soluções como conversar, resolver as pendências um com o outro ou até mesmo procurar saber o que se passa com o colega, pode auxiliar numa mudança. A seguir, confira informações que te auxiliarão a solucionar problemas com seu chefe:

Odeio meu chefe, o que devo fazer?

1. Como me comportar?

Nós sabemos que não é nada fácil encarar uma rotina com um chefe carrasco. Porém, antes de você expor aos quatro cantos do mundo que você não gosta do seu líder, tente analisar a situação em que ele está.

ANÚNCIO

É muito comum que as pessoas tomem o comportamento de um superior como algo pessoal, mas, nem sempre é assim. O seu chefe, na maioria das vezes, precisa chamar a sua atenção, ou até mesmo lhe cobrar, não “porque ele não vai com a sua cara”, mas sim por ele estar acima de você e ser cobrado ainda mais pelo seu respectivo superior.

A primeira dica que você deve aprender é: analise o seu comportamento, desvencilhe-se da ideia de há um jogo de interesses pessoais nessa relação. Qual a sua postura de frente aos conflitos? Você é cortês e objetivo? Você se questiona sobre os pontos de vista dele?

Sabedoria no trabalho é essencial

Sempre que for tomar alguma decisão, opte por tomar todas as decisões no intuito de querer renovar, aprender ou alterar velhos hábitos. Manter-se imóvel, reclamando e alimentando uma relação desgastada só causará um estresse desnecessário.

Mas, não pense que o problema vai se resolver sozinho. Ignorar nunca é a melhor escolha. A ideia de fugir do confronto pode trazer a falsa sensação de alívio momentâneo, apenas adiando a solução.

Contudo, o problema sempre tende a piorar conforme o tempo passa. Por isso encare o desafio de forma positiva e isso lhe resultará em benefícios duradouros para a toda a sua carreira.

2. Pratique a empatia

Umas das qualidades mais admiradas em uma pessoa é a empatia. Se colocar no lugar das pessoas e tentar entender um pouco de como elas estão se sentindo, ou o que estão passando antes de tomar uma decisão sobre aquilo pode mudar muito as coisas e melhorar sua inteligência emocional.

Por isso, tente olhar de uma maneira diferente para as características do seu chefe, observe como ele absorve as coisas e ficará mais fácil elaborar outras maneiras de lidar com ele.

Ao identificar as dificuldades do seu chefe, é mais fácil saber lidar no dia a dia com as suas incompatibilidades. Além disso, você pode usufruir dessas aversões para aprimorar a sua maneira de se relacionar, podendo aconselhar e ensinar a ele maneiras diferentes de agir em relação às suas atitudes.

3. Solucione os conflitos

Nem sempre pedir demissão ou causar problemas pode ser a melhor opção. Por isso, confira algumas atitudes positivas que você pode tomar e solucionar os problemas.

  • Entenda o seu objetivo neste trabalho ou função: qual a importância deste emprego para você? Você é realizado profissionalmente? Você sonha a longo prazo neste lugar? Se você respondeu sim para duas destas perguntas, tem um bom emprego e deve zelar por ele. Não hesite em fazer pequenos sacrifícios, pois isso pode servir de ensinamentos e lições para você.
  • Assuma a responsabilidade: como dissemos, a empatia é uma das melhores qualidades de um profissional. Coloque-se no lugar do outro, entenda as principais razões que leva você a realizar as ações. Cuidado com as palavras, pense antes de agir. Por isso, sugerimos que faça uma lista de comportamentos que devem ser praticados ou evitados. Quando você escreve é possível enxergar com clareza os problemas.
  • Comunique-se: aprender a se comunicar é a melhor opção, assim como saber ouvir. Seja franco, mas não grosseiro. Evite julgar, crie conexões com os objetivos que têm em comum com o seu chefe e desfrute de uma relação restaurada.

Lembre-se que sempre uma boa comunicação, mais empatia e uma busca por soluções efetivas podem melhorar e proporcionar um ambiente de trabalho saudável e gratificante.

ANÚNCIO