Como escolher a melhor proposta de emprego

Como escolher a melhor proposta de emprego

Com o encerramento do mercado de trabalho a novas entradas e a conjuntura económica actual, torna-se muito difícil encontrar o emprego que desejamos. Por vezes, podemos até riscar o “desejamos”, pois, para muitas pessoas, encontrar emprego nos dias de hoje é, simplesmente, uma tarefa quase impossível. Mas algumas situações fogem à regra, e algumas pessoas por diversos fatores conseguem propostas de trabalho para o emprego que desejavam. E por vezes, recebem até mais do que uma proposta.

Como usar o Facebook para encontrar emprego

Como usar o Facebook para encontrar emprego

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. É esta a definição que pode ser atribuída ao uso da internet e das redes sociais para actividades que antes desempenhávamos através de outras formas. Uma dessas actividades é procurar emprego. O estilo e a forma como se procura emprego mudou completamente, forçando, assim, qualquer pessoa que queria trabalho a reformular-se e a adequar-se a essas novas mudanças.

Se antes os anúncios de emprego colocados nos jornais eram a única plataforma formalizada para este acontecimento, hoje todos esses anúncios migraram para a internet. Lá, encontramos propostas para empregos de todos os tipos, em diferentes locais do mundo. Não é à toa que se afirma que a Internet é um meio para todos os fins e no que toca ao emprego, você pode procurar ou acrescentar ofertas a sites, de forma rápida e eficaz.

Como encontrar emprego na Internet

Como encontrar emprego na Internet

Nos dias de hoje, encontrar emprego é uma tarefa complicada, tornando-se, muitas vezes, praticamente impossível. Em toda a Europa, as taxas de desemprego estão em subida crescente e Portugal, infelizmente não é excepção. Os últimos resultados apontam para um total de 673.421 de desempregados inscritos no IEFP (instituto de emprego e formação profissional). E a tendência é para o número aumentar até se resolver a situação “crise”. Por isso, ser inteligente na procura de emprego significa saber quais são as melhores plataformas de procura. O centro de emprego deixou de ser a forma predilecta de procura de trabalho, tal como já pouca gente utiliza o marcador e compra o jornal para escolher e assinalar anúncios.

Estou desempregado e agora?

Estou desempregado e agora?

O flagelo social do desemprego continua a bater nas portas de muita gente. Neste momento, é uma das maiores preocupações para famílias inteiras, que vêem o seu orçamento familiar ser afectado por esta tendência, que não pára de aumentar. A pressão cai também sobre aqueles que ainda se encontram empregados e que começam já a ganhar o medo de perder o seu trabalho.

Se, infelizmente, também teve o azar de ficar no desemprego, não desanime e não se limite a passar horas nas filas para o Centro de Emprego. Existem formas mais simples e eficazes de resolver esta situação. Basta ganhar fôlego e estabelecer a si mesmo vários objectivos, que devem ser cumpridos à risca. Acima de tudo, não deve permitir que este flagelo social seja impedimento para realizar os seus sonhos.

Entrevista de emprego, na mente do recrutador

Entrevista de emprego, na mente do recrutador

O mercado de trabalho atravessa um momento delicado, seja devido à tão falada crise ou a reajustamentos normais originados pelo desenvolvimento e aparecimento de novas tecnologias. Por todos esses factores o mercado de trabalho tornou-se bastante mais competitivo e superar a concorrência para obter aquele desejado posto de trabalho é cada vez mais difícil.